quarta-feira, 8 de abril de 2015

“Gostava de aumentar o peso”

Depois de muitas mensagens e pedidos para falar deste tema, aqui está ele: “Gostava de aumentar o peso”

Embora não seja o objectivo mais procurado, é um dos que causa mais sofrimento, desconforto e preocupação, à semelhança de quem tem excesso ponderal.

Por incrível que pareça, é mais difícil ganhar peso (e massa muscular) do que perder gordura. Por incrível que pareça, é mais difícil ganhar peso (e massa muscular) do que perder gordura.
Para quem deseja aumentar o peso, é primordial que seja consistente e disciplinado, tanto na alimentação como no treino, uma vez que se deixar de comer e/ou treinar o suficiente, facilmente irá perder peso, ou seja, tem de haver uma maior ingestão calórica em detrimento do dispêndio energético.

“Comer mais quando já comemos muito?” 

Eis algumas dicas de modo a facilitar o processo de aumento de peso:
1. Aumente sempre as quantidades de tudo o que come;
2. Aumente o número de refeições (vá petiscando);
3. Aumente o consumo de gordura, introduzindo no seu dia-a-dia manteiga de amendoim/amêndoa e frutos secos;
4. Faça batidos (exemplo: proteína em pó, aveia, banana, mel e manteiga amendoim/amêndoa ou abacate);
5. Por mais estranho que lhe possa parecer, de modo a preencher as suas necessidades adicione alimentos «menos saudáveis» como gelados, bolachas, chocolate, marmelada e os seus cereais preferidos.

Quem tem objectivo de aumentar o peso?

O meu filho tem prisão de ventre - o que posso fazer?

Foto de um utilizador
A prisão de ventre (ou obstipação) é muito frequente em Pediatria e geralmente causa grande ansiedade aos pais.
Embora a prisão de ventre possa acompanhar diversas doenças, o mais frequente é ser causada por uma alimentação pobre em fibras, por uma escassa ingestão de água ou por inactividade física.
Quando as crianças são pequenas e estão a fazer um leite adaptado (em pó), podem escolher um leite com a designação AO (anti-obstipante), que melhora o trânsito intestinal.

Relativamente aos conselhos alimentares, deve tentar fazer o seguinte:
- aumentar a ingestão de água;
- aumentar o consumo de legumes, nomeadamente os verdes (acelgas, espinafres, brócolos..) em detrimento da batata;
- evitar o consumo de alimentos obstipante como a banana, maçã e arroz;
- evitar o consumo de alimentos processados e refinados (enchidos, bolos, bolachas…);
- pode experimentar colocar um pouco de farelo de trigo nos iogurtes, se o seu filho já os comer;
- aumentar a ingestão de cereais integrais como o arroz integral, aveia integral, flocos de trigo ou de milho.

E ainda,
- incentive-o a correr e brincar bastante todos os dias.
- Faça uma massagem na barriga da criança.
- Incentive-o a ir ao WC assim que tiver vontade.

Se mesmo com estas medidas o seu filho se mantiver obstipado, deve procurar ajuda médica e/ou nutricional.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

01.04.2015 | Dia Internacional da Actividade Física!



Faça pelo menos 150 minutos semanais de atividade física para deixar de ser sedentário(a)!

A atividade física é um meio de prevenção de doenças e uma das melhores formas de promover a saúde de uma população.
Toda a população, independentemente do sexo e idade, incluindo pessoas com incapacidades, beneficiam com a prática regular de atividade física e desporto, quer do ponto de vista físico, como social e mental.
Atualmente. tem-se assistido a um aumento significativo das doenças cardiovasculares, cancro, diabetes e doenças respiratórias crónicas. Este aumento global, epidémico, está estritamente relacionado com alterações dos estilos de vida, nomeadamente o tabagismo, inatividade física (sedentarismo) e uma alimentação não saudável.

Estima-se que o sedentarismo seja causador de um milhão e 900 mil mortes a nível mundial. É também a causa de 10-16% do cancro da mama, cólon e recto, bem como de diabetes mellitus e de cerca de 22% da doença cardíaca isquémica.
O risco de se ter uma doença cardiovascular aumenta 1,5 vezes nos indivíduos que não seguem as recomendações mínimas de atividade física.
Ao mesmo tempo que o número de indivíduos com excesso de peso e obesidade aumenta rapidamente, nos países desenvolvidos e nos países em desenvolvimento, também aumentam o excesso de peso e a obesidade na população mais jovem.
A atividade física é, juntamente com uma alimentação saudável, a chave para o controlo do peso.

Fuja do sedentarismo e conquiste saúde, bem-estar e qualidade de vida.
Pela sua saúde...mexa-se !!!
Fonte: Portal da Saúde

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Amêndoas

E porque a Páscoa é sinónimo de amêndoas e está mesmo aí à porta... Nada como conhecer um pouco mais deste fruto seco, também denominado de fruto gordo ou oleaginosa!

A amêndoa fornece 619 kcal por cada 100 gramas*, pelo que deve ser consumida em quantidades moderadas (13 unidades ou uma mão por dia).
Eis alguns benefícios inerentes a esta oleaginosa:
  •  Rica em ácidos gordos - ómega 3 
  •      Boa fonte de proteína vegetal
  •      Rica em fibra
  •      Contém vitaminas do complexo B e vitamina E
  •      Rica em minerais: cálcio, magnésio, potássio e cobre
  •      Benéfica para o controlo da glicémia
  •      Ajuda na manutenção de níveis de colesterol saudáveis
  •      Tem efeitos antidepressivos
  •      Protetora a nível cardiovascular
  •      Importante para a saúde da pele, cabelo e unhas
  •       Saciante
Tiramos o maior proveito das amêndoas quando as ingerimos ao natural: sem adição de sal, de açúcares ou chocolate.
A amêndoa é um alimento bastante versátil, podendo ser adicionado a saladas, iogurtes, batidos, pratos principais, sobremesas, assim como também são uma excelente opção para um snack entre refeições.

* Tabela da Composição de Alimentos. Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.