O que levar na marmita



São cada vez mais as pessoas que optam por levar de casa a refeição para o local de trabalho, isso só tem vantagens para a saúde e a nível económico.
Ao preparar a própria marmita feita em casa possibilita a escolha de alimentos mais saudáveis, não só pela qualidade mas também pela forma de preparação.



Eis algumas dicas para preparar uma marmita saudável:

1 – Escolha uma marmita que atenda às suas necessidades e às condições de armazenamento no seu local de trabalho. 
Hoje em dia existem vários tipos de marmitas. A marmita térmica permite levar os alimentos quentes ou frios, contudo estas devem ser guardadas no frigorífico para evitar a deterioração dos alimentos; se não deve mantê-la num local fresco.
Deste modo, este tipo de marmita é mais indicado quando o local oferece condições de armazenamento e também de aquecimento (como um forno ou microondas).
A escolha das caixas/tupperware é outro ponto importante a se ter em conta, sendo as de vidro as mais adequadas para a conservação dos alimentos. Deve-se ainda ter cuidado com as de plástico, pois nem todas podem ser aquecidas.

2 – Tome os cuidados necessários com a higiene desde a selecção dos alimentos até o momento do consumo. A contaminação dos alimentos, principalmente os transportados (como é o caso da marmita) é mais propensa, devendo-se principalmente às variações de temperatura.

3 – Elabore o seu menu/ementa com a maior variedade de alimentos, para que suas necessidades nutricionais sejam atendidas. 

 Atenção às quantidades: normalmente as marmitas têm capacidade de levar mais comida do que um prato normal. Se tiver dificuldades em medir, comece por construir a refeição no prato e só depois colocar para a marmita.


Almoço ou jantar:

- Existem variadas receitas com aproveitamentos de refeições, saudáveis e práticas. Por serem feitas com sobras, as receitas não têm de ser menos nutritivas ou saborosas. Basta um pouco de imaginação para dar novos sabores às sobras da sua refeição;
- Prepare de véspera a refeição que pretende levar;

- Opte por receitas simples e nutritivas. Aproveite para usar ingredientes frescos;
- Introduza todos os nutrientes, isto é, não deve excluir os alimentos fornecedores de Hidratos de Carbono (como o arroz e a massa) nem de Proteínas (como o peixe, carne e os ovos).   
Atenção ao modo de confecção, deve privilegiar os grelhados, cozidos e assados com pouca gordura em detrimento dos alimentos fritos e com molhos.
                                      
- Inicie a sua refeição com a sopa. Pode preparar a sopa em grandes quantidades e congelá-la em pequenas doses prontas a levar;
Leve sempre salada: coloque num recipiente individual ou use marmitas com divisórias e tempere apenas na hora da refeição. 
- Opte por fruta à sobremesa. Escolha a fruta pouco madura para que não se degrade com o transporte e sempre que seja possível procure descascá-la na hora do consumo;
- Prefira sempre a água às refeições em vez de outras bebidas;






Lanches:

- Opte por alimentos que já venham divididos em doses individuais ou divida-os em casa para não comer mais do que deve, por exemplo: bolachas, tostas, amêndoas, pão, iogurtes, leite em pacotes pequenos, queijo embalado individualmente…
- A fruta é uma óptima opção para os lanches porque é fácil de transportar e de consumir;
- Ao levar o lanche de casa evita cair na tentação de comprar alimentos demasiado calóricos nas máquinas de venda automática e nos bares.




Sugestões
- Almoço/Jantar:




- Lanches
fruta
gelatina
chá
barrinhas de cereais
iogurte magro
amêndoas/nozes


Se costuma levar marmita/lancheira para o seu local de trabalho/escola, deixe um comentário sobre as suas escolhas alimentares e se quiser, pode ainda deixar sugestões para levar como refeições.