terça-feira, 26 de novembro de 2013

Alimentação Sustentável

consiste em produzir/consumir alimentos que não causem impactos ambientais, valorizando assim alimentos sem conservantes e frescos. 




5 passos para uma Alimentação Sustentável:
1.Reduzir o volume de produtos e serviços consumidos;
2.Alterar os hábitos de consumo;
3.Adquirir apenas o necessário;
4.Minimizar o desperdício e a geração de lixo;
5.Consumir apenas produtos e serviços produzidos com respeito ao meio ambiente.


Como aplicar no dia-a-dia:
• Evite o desperdício;
• Reduza a utilização de embalagens descartáveis;
• Prefira alimentos da estação e regionais;
• Reaproveite as “sobras” dos alimentos;
Tenha a sua própria horta.




Actos não sustentáveis:
- Uso de fertilizantes industriais
- Prática de monocultura
- Pecuária intensiva
- Compra de enlatados face a  frutas e verduras ‘’da época’’
- Não reaproveitamento dos alimentos
- Compra excessiva de alimentos importados 


Como evitar o desperdício?
- Comprar menos e mais regularmente;
- Antes de ir às compras, verificar o conteúdo da despensa, do frigorífico e do congelador;
- Fazer uma lista das compras e não sair dela;
- Ajustar as doses cozinhadas às necessidades;
- Verificar os prazos de validade;
- Congelar os excedentes e mantê-los devidamente acondicionados;
- Utilizar as sobras.




- Reaproveitamento dos alimentos:

Podemos aproveitar:
• Os talos: da couve, do brócolos, da couve-flor, do espinafre, do agrião, da beterraba, da cenoura, etc.
• As cascas: da abóbora, da banana, da batata-inglesa, da batata doce, do abacaxi, da maçã, da laranja, da beringela e outras mais.
• As folhas: dos brócolos, da beterraba, da couve-flor, etc. 




- Optar por alimentos da época e regionais:

Porque da época?

- São mais baratos;
- São mais facilmente encontrados;
- Possuem mais vitaminas;

Porque da região?
- Não precisam ser transportados por longas distâncias;
- Valorizam o comércio local;
- São mais frescos;
- Maior conhecimento sobre a procedência do alimento. 



Impactos do Padrão Técnico Moderno de Produção de Alimentos

Mudanças na dieta caracterizada pelo:
- desequilíbrio quantitativo (excesso de calorias, proteínas de origem animal, sal, gordura e açúcar e falta de fibras, vitaminas e minerais);
- crescimento da insegurança em relação aos componentes dos alimentos entre os consumidores (agrotóxicos e transgênicos).

     Quando os alimentos são produzidos noutros países/continentes, para além de os produtos regionais e/ou nacionais serem colocados de lado, torna-semuito mais dispendioso, não só no aspecto de transportes como esse mesmo transporte acarreta implicações para o meio ambiente e para o preço de venda desses produtos.




Lembre-se sempre de que é possível ter uma alimentação deliciosa e saudável para você, e para o planeta ! 





Outras dicas:
- Guarde as sobras no frigorífico ou no congelador para outras refeições, sempre em recipientes apropriados e em doses individuais;
- Utilize o arroz que sobrou para fazer a base da sopa ou arroz de forno ou bolinhos de arroz, se o juntar a farinha e ovo;
- Aproveite os hortícolas que sobraram para fazer sopa ou um esparregado;
- Com o pão do dia anterior poderá fazer torradas para o pequeno-almoço ou lanche ou fatias torradas no forno com tomate picado e óregãos com um fio de azeite.
- Use a fruta amolecida para preparar uma espetada de fruta ou junte com leite e faça um batido;
- Com as batatas do dia anterior faça a base da sopa ou um puré;
- Se sobrou peixe ou carne, use-os para fazer uma salada ou um empadão;
- Comece por utilizar os hortícolas e as frutas mais maduras e só depois as mais verdes
- Não deite fora as cascas de determinados hortícolas ou frutas, como por exemplo a cebola, o limão ou a laranja. Aproveite-as para fazer chá ou compotas .
- Aproveite a água de cozedura de hortícolas para sopas e/ou cozidos.



Sugestão: Bolo de casca de banana




Ingredientes
•2 chávenas de casca de banana madura
•4 ovos
•2 chávenas de açúcar
•3 chávenas de farinha de trigo
•4 colheres de sopa de margarina
•2 colheres de sopa fermento
•canela em pó q.b.
•½ chávena de água

Preparação
1. Bater no liquidificador a casca de banana com a água e reservar.
2. Na batedeira, juntar as gemas, o açúcar e a margarina até obter uma mistura homogénea.
3. Juntar as cascas de banana, a farinha e fermento e bater.
4. Envolver nesta mistura as claras batidas em castelo e polvilhar com canela.
5. Colocar numa forma untada e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por 30-35 minutos.




Sem comentários:

Enviar um comentário